Julho 23, 2024

AMAK

Associação Madeirense de Automobilismo e Karting

SÃO VICENTE DRIFT “abre” Troféu Regional de DRIFT da AMAK

Será em São Vicente a grande estreia do Troféu Regional de DRIFT da AMAK. Será no próximo domingo dia 11 de junho onde se vai dar início ao primeiro troféu dedicado ao DRIFT com uma lista de 12 inscritos, 7 na promoção e 5 no open. Assim desta forma será o regresso oficial do DRIFT após a última prova no evento Sem Tração em 2019.A prova tem início marcado para às 10:00 com os treinos livres. A competição a sério começa com as qualificações às 12:00 e as batalhas finais às 16:00. A entrega de prémios está marcada para às 18:00.
O traçado do SÃO VICENTE DRIFT é todo disputado na Vila de São Vicente, existem duas áreas específicas para o público onde será possível ver em segurança praticamente todo o percurso.Luis Madruga explicou como será esta primeira prova do Troféu Regional de DRIFT AMAK 2023 “a prova foi compactada para apenas um dia. Às 8h será às verificações em frente da Câmara Municipal de São Vicente. A partir das 10:10 os treinos livres. Vamos ter uma parte da manhã com equipas individuais, a parte da tarde será as batalhas com dois carros a partir ao mesmo tempo. O espetáculo será dado de forma diferente aqui neste espaço. Entrega de prêmios será às 18h.”Quanto à segurança “vamos ser muito rigorosos e esperamos que venha muita gente vir ver este espetáculo.”Miguel Gouveia em representação do Clube Sport Marítimo, exalta “com grande satisfação que o Marítimo está associado a este lançamento de um novo campeonato. Tenho a certeza que será uma competição de muito sucesso. Que seja até ao fim do campeonato haja um número maior de participantes. É uma forma diferente de ver o automobilismo num espaço tão curto, o espetáculo está garantido.”Pedro Araújo, diretor da FPAK destacou “em nome da Federação só temos de agradecer o início de uma nova atividade. Já estávamos a ser pressionados pelo o Ruben Sardinha a alguns anos e finalmente com o apoio da AMAK conseguimos dar início a este troféu. Esta é uma modalidade que a federação começou a pouco tempo a apoiar a nível nacional e agora na Madeira. O DRIFT é uma modalidade de espetáculo, tem algumas regras, e o público gosta muito de assistir. Será um espetáculo diferente do que os adeptos estão aqui habituados. Esta é uma prova num traçado pensado para o espetáculo. Esta disciplina é uma mais valia para o automobilismo na Madeira. Vamos finalmente poder apreciar as virtuosidades dos pilotos de Drift aqui na região.”Fernando Góis (vice-presidente da Câmara Municipal de São Vicente) aproveitou para “agradecer ao Marítimo e a AMAK por escolher São Vicente para dar início a esta modalidade. O município tem vindo ao longo do ano apoiar o desporto, e gostamos também de apoiar o desporto motorizado. A nossa prioridade é o público, queremos sempre uma prova seja virada para que o público possa visitar o município e assistir ao belo espetáculo. Esta será uma prova num verdadeiro anfiteatro. São Vicente vai continuar a apoiar este tipo de provas. Tenho a certeza que este será um evento de grande sucesso!”O Drift ou Drifting é uma técnica de condução que consiste em fazer as curvas em derrapagem controlada, fazendo com que a traseira do carro se solte e percorra a parte exterior da curva, enquanto a parte da frente percorre o interior, com o máximo de ângulo e velocidade possível, controlando o nível de derrapagem, fazendo o carro andar literalmente de lado.
Numa prova/evento de Drift existem vários parâmetros de avaliação tais como: a Velocidade (de entrada e média), Ângulo de Drift, proximidade aos clipping-points e/ou Drift Zones e aos outros carros (Linha), Espetáculo dado pelo piloto, e que são avaliados por Juízes e/ou telemetria. O ponto alto da prova/evento é a fase final, as designadas batalhas, nas quais os pilotos competem no 1 contra 1 em simultâneo no traçado.