Julho 23, 2024

AMAK

Associação Madeirense de Automobilismo e Karting

Troféu Academia de Karting FIA 2024: Martim Meneses inicia sonho Europeu

O jovem piloto madeirense Martim Meneses, tetra Campeão Nacional de Karting, pluricampeão Regional e atual líder do Campeonato de Portugal de Karting – Toyota, no seu ano de estreia na categoria X30, inicia este fim de semana o seu ‘sonho europeu’, ao estrear-se no Troféu Academia de Karting FIA 2024, na pista de Val D’Argenton, perto de Argentonnay, em França.

Integrada no programa do Campeonato Europeu de Karting, competição que o piloto madeirense ambicionava participar na sua totalidade, mas que por falta de apoios não conseguiu concretizar, a participação neste Troféu Academia de Karting FIA 2024, a convite da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting e da sua integração no FPAK Júnior Team, foi ouro sobre azul, para a concretização do sonho de internacionalização de um dos maiores talentos do automobilismo nacional, reconhecido por grande parte das pessoas ligadas ao desporto automóvel.

A atividade em pista iniciou-se hoje, com as primeiras sessões de treinos livres para o grupo de jovens admitidos, com idades entre os 12 e os 14 anos, tendo corrido muito bem para o jovem piloto madeirense, que se cotou como o piloto mais rápido em pista ao fim do dia. Para amanhã, sexta-feira, estão reservadas mais duas sessões de treinos livres de manhã, enquanto na parte da tarde se disputa a qualificação.

Sábado, depois do Warm Up, logo pelas 8:00 da manhã, disputam-se depois as mangas de qualificação, que têm continuação logo ao início da tarde. Domingo, depois de mais uma sessão de aquecimento bem cedo, disputa-se ainda de manhã mais uma manga de qualificação, estando a final marcada para as 13:30.

Para Martim Meneses, que utilizará, tal como todos os outros pilotos da Academy, um conjunto de chassis Expirit, motor Vortex e pneus Maxxis, os objetivos desta participação passam, em primeiro lugar, por “ganhar mais experiência internacional em grandes palcos, em provas com notoriedade e com muitos pilotos em pista ao mesmo tempo, pois os níveis de aderência são bem distintos do que estou habituado”, depois “como piloto competitivo que sou, vou tentar aplicar toda a minha experiência acumulada nos últimos anos e nas últimas provas deste género, bem como a nível nacional e regional, para lutar por um lugar no Top 5. Chegar à vitória seria um sonho, mas se tiver oportunidade, não vou deixar de lutar com todas as minhas forças e determinação”, confessou entusiasmado o jovem piloto madeirense.

Texto: Press-Release